YayBlogger.com
BLOGGER TEMPLATES

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Contemplar II


Um dia gostava de visitar uma estrela, de preferência daquelas muito brilhantes e incrivelmente luminosas! Perfuraria o céu com a mesma naturalidade e sossego com que ele me acalma, à distância de dias de 48 horas, e com Sol forte, que parecem nunca mais acabar.
Gosto de apreciar as estrelas, mas do que eu realmente gosto é de constelações, é com elas que elevo a um expoente infinito o verbo contemplar! Contemplo pelo simples prazer de reconhecer em cada estrela a sua beleza singular, e somando-as admiro o resultado, um brilho único e plural, digno da atenção dos seres que se atrapalham em cidades cheias de movimento e velocidade, stress e pessimismos. Contemplá-las encher-lhes-ia o olhar e não mais vagueariam de olhos sem face e rostos sem sabor!
No fundo, o segredo está em saber admirar, no significado mais inocente desse acto, e reconhecer que as coisas mais importantes da vida são inversamente proporcionais ao seu tamanho! Há tantos que não as reconhecem e esses são os mesmos cujo inclinar da cabeça para trás é uma perda de tempo!

5 comentários:

Daniel (tavares) disse...

Muito profundo! =D

Mxm bem .....continua ainda vais ser escritora:P

(tb keru ser axim) XD

beijo***ptt

Bárbara (manuxa 1) disse...

composição de português? :D

gosto quando não sabes o que hás de escrever e depois falas de tudo e de nada ao mesmo tempo, perfeito!

É como o Tavares diz: muito profundo :D aha.
Tens mesmo jeito para as palavras :)

amo-te Maria.

Bárbara (manuxa 1) disse...

falta um hífenzinho algures por aí :D

Ondina disse...

Que bom quando em dias de 48 horas encontramos espaço para comtemplar!

Beijos doces e abraços apertados!

Clara Margaça disse...

Em dias de 48h dá, ainda, para contemplar uma extraordinária voz! :)
Parabéns!

Um beijinho,
Clara